Mas, e os vampiros não se atualizam?

 

Estava jogando Assassin’s Creed esses dias de carnaval e a medida que as missões iam progredindo elas iam ficando mais difíceis. Os alvos, sabendo que poderiam ser alvos tratavam de se proteger: mais arqueiros nos telhados, mais grupos de soldados (ao invés do tradicional sentinela solitário) vigiando a área, templários ou guerreiros sarracenos contratados como guarda-costas e coisas do gênero. Ou seja, eles tiveram o cuidado de se adequar ao tempo e a situação de mudança de cenário que se fazia a sua volta. A pergunta que eu faço é: por que vampiros não fazem a mesma coisa?

Quando jogamos Caçadores Caçados ou buscamos referências para eles costumamos ver caçadores de vampiros munidos de equipamentos que fariam o Batman ter uma pontinha de inveja (onde eles conseguem esses brinquedos maravilhosos?). É assim em Vampiros de Jonh Carpenter, é assim em Blade (especialmente o 3). Petecas! Até mesmo o livro base de qualquer caçador dá sempre as mesmas dicas: cace em grupos; cace durante o dia quando vampiros estão sonolentos e desprotegidos… a pergunta é: alguém que está por aí a tanto tempo se deixaria ficar realmente desprotegido durante o dia?

Ok, vampiros mais pobres podem ter como proteção apenas a sociedade mortal, confiando que durante o dia nenhum grupo paramilitar fortemente armado iria entrar no seu apartamento no centro da cidade, apinhada de gente, para te explodir. Ele sabe, ou melhor, eles sabem que qualquer ação tomada durante o dia chama MUITO mais atenção do que à noite. Qualquer invasão de propriedade privada, qualquer arrombamento, explosão, tiro e afins é muitas vezes mais observado hoje em dia. A paranóia moderna pela segurança é tanta que as pessoas vão sim pegar o seu celular e vão chamar a polícia na primeira oportunidade, não por solidariedade, mas por medo de serem os próximos. A Sociedade Humana não é sua amiga e não vai acreditar que você comete crimes para matar monstros…

Se a situação parece desconfortável com vampiros mais pobres e menos influentes, que tal lidar com aqueles tipinhos muito mais poderosos e influentes? Ora, imagine que hoje em dia, para se entrar num prediozinho qualquer você precisa passar por câmeras, detectores de metal e seguranças armados o que dizer quando você vai atrás de uma criatura bebe sangue? Vampiros podem ter panic rooms para eles mesmos, dormir dentro de cofres moderníssimos, ou simplesmente dormir num local onde a presença humana não seria tolerada: alguns vampiros deliberadamente dormem em meio a gás venenoso por que não os afeta – mas vão fazer estragos num caçador.

Não apenas isso, as contramedidas de segurança dos vampiros moderno vão além das criaturas carniçais ou dos lacaios. Sensores de movimento, armadilhas de alta tecnologia (Resident Evil 1, perhaps?), quimeras, ou coisas ainda mais perigosas podem espreitar num covil de um vampiro razoavelmente poderoso.

Os mestres e narradores têm de ter isso em mente: vampiros são arrogantes, mas não são burros. Se um grupo de caçadores começar a causar problemas eles vão fazer de tudo para dar cabo deles. Não por vingança ou por solidariedade, mas por pura auto-preservação. Você deu cabo daquele ancião nobilis que controlava uma área que era desejada pelo emergente vampiro tenebra. O vampiro ficará grato a você, mas ao mesmo tempo, vai usar todos os recursos disponíveis se livrar desta “praga inconveniente”. Aliás é por isso que eles tem a polícia e os meios de comunicação nas mãos deles não é mesmo? Basta que uma câmera de segurança flagre o seu resto que a mídia fará o resto do serviço.

Como diz um amigo meu: quem não se adapta morre e até câncer evolui. Pense nisso. Da próxima vez que você for a uma mansão abandonada, pode ser que seja só uma armadilha…

Anúncios

5 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Heitor
    fev 22, 2009 @ 14:07:03

    Pô, não sabia que John Carpenter tinha história de vampiros! Já tinha visto algumas histórias dele, mas nehuma de sanguessugas. Por acaso já viu A Cidade dos Condenados, Val?

  2. Mamangava
    fev 22, 2009 @ 14:07:46

    Ótimo post, Betão! Algumas “táticas de defesa” que você apontou me deu algumas boas ideias!

  3. valberto
    fev 22, 2009 @ 16:07:33

    Vampiros de Jonh Carpenter é o nome do filme. É muito bom.

  4. Tiago José "Deicide" Galvão Moreira
    fev 22, 2009 @ 16:22:31

    Isso me lembra a surpresa dos meus jogadores ao descobrirem que o vampiro que estavam rastreando vive numa penthouse exclusiva que ocupa três andares da cobertura de um prédio de luxo: basicamente, eles não têm maneira alguma de entrar lá.

    Ainda mais que levo meus jogos como próximos da realidade e bem distantes de filmes de ação. Conseguir uma metralhadora? Impensável.

    (Estamos jogando ACN: Desbravadores do Oculto).

    Tiago José “Deicide” Galvão Moreira

  5. hatalibio
    fev 24, 2009 @ 13:06:49

    Concordo com o Mamangava! Excelentes idéias você botou aí viu!

    *imaginando um vampirão dormindo num panic room cheio de gás venenoso*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: