Galaxy rangers – os cavaleiros da galáxia

 

Em 2086 dois pacíficos alienígenas viajaram para a terra pedindo nossa ajuda. Em troca, deram-nos o projeto para o nosso primeiro hiper-propulsor permitindo que a humanidade abrisse as portas para os astros…

Foi convocada uma equipe de raros indivíduos para proteger a Terra e nossos novos aliados, corajosos pioneiros, comprometidos com os mais altos ideais de justiça e dedicados a preservar a lei e a ordem através da nova fronteira. Eis as aventuras dos cavaleiros da galáxia.

Criado e Produzido por Robert Mandell

Adaptado para RPG por Valberto Filho

 

 

Background

 

O desenho começa no ano de 2086, quando dois alienígenas vindos dos planetas Andor e Kirwin viajaram á terra em busca de aliados contra o expansionista e impiedoso Império da Coroa, liderado pela Rainha da Coroa. Em troca de nossa ajuda, a humanidade recebeu os planos para um propulsor capaz de viajar mais rápido que a velocidade da luz (hiper-propulsor). Depois deste evento chave na história da humanidade a viagem interestelar floresceu e um grande número de colônias foi construído em sistemas estelares afastados. Mas nem tudo era perfeito: com a expansão humana no espaço, a criminalidade também cresceu. As novas colônias tinham de ser protegidas de ameaças internas (bandidos e piratas espaciais) e de ameaças externas (alienígenas e o próprio Império da Coroa).

Foi então criado o BETA (Bureau for Extra-Terrestrial Affairs/ Birô para Assuntos Extraterrestres) para lidar com estas duas tarefas. Logo, uma equipe de elite foi criada. A divisão “Ranger” (Patrulheiro/Protetor).

Muitas das colônias especializaram-se em agricultura (especialmente espécimes geneticamente modificados) – ao que parece alimentar galáxias é o negócio do futuro – juntamente com estações de mineração. Muitos dos planetas têm nomes que evocam a cultura do velho oeste norte americano: Nebraska, Mesa, Ozark, Prairie.

As aventuras se passam realmente a partir do ano de 2104 quando a primeira equipe dos Galaxy Rangers é formada sob o comando de Zachary Foxx.

 

O Império da Coroa

Também conhecido apenas como “Coroa” o Império é governado por uma déspota que se auto-proclama “a Rainha da Coroa”. Este império controla um grande número de planetas e um vasto setor da galáxia. Entretanto este “vasto e poderoso império” está desmoronando, uma vez que vários planetas estão se separando do império com a ajuda dos humanos. Os primeiros planetas que foram libertos foram Andor e Kirwin. Dizem até que a “ajuda” que os pacíficos alienígenas buscavam nada mais era do que ajuda militar para manter suas independências.

A rainha mestres dos escravos, criaturas alimentadas com a energia psíquica de outros seres, mantidos em animação suspensa em um psico-cristal. Ela ainda conta com uma ligação mental com cada um de seus “feitores” e assim a rainha pode estar em qualquer lugar do império, sempre que desejar, bastando projetar sua presença em um dos seus escravos. Para manter esses “agentes” funcionando a Coroa praticamente extinguiu a raça dos Gherkhin. Quando do encontro com humanos, a rainha não apenas descobriu que eles são aptos para o processo de extração de energia psíquica, como eles duram muito mais do que qualquer outra raça conhecida. Desde então a rainha paga regiamente quaisquer caçadores de recompensas que tragam humanos saudáveis para sua psico-cripta.

É fato que a Rainha tem uma grande frota de naves à sua disposição. São mais lentas que as naves Andorianas, largamente usadas pela terra e por seus aliados. Especula-se que mesmo com este poderio a rainha jamais arriscaria uma campanha militar contra a terra: ela precisa de suas naves para manter a ordem em seus domínios, evitando assim que seus inúmeros planetas entrem em rebelião por “falta de vigilância.

No final da série, no episódio Armada, Lazarus Slade equipou as naves da coroa com Hiper-propulsores semelhantes aos usados nas naves terrestres, favorecendo á rainha um ataque surpresa contra a terra. O ataque teria sido bem-sucedido se as naves não usassem como combustível o ersatz, um minério estelar altamente instável, cedido pelo Capitão Kidd. O golpe para o Império foi devastador e hoje ele tem de lidar com a rebelião crescente de seus planetas.

Os agentes da coroa não se resumem apenas aos feitores de escravos. Os soldados brutos da coroa parecem um misto de homens, alienígenas, máquinas e até mesmo clones, enfiados em seus negros trajes espaciais.

 

O Projeto Supersoldado (Wolfden Project)

In 2080, os governos combinados da terra começaram a desenvolver um time de soldados geneticamente construídos para lutar contra quaisquer aliens hostis que tivessem qualquer intenção militar contra a terra.

O Comandante Joseph Walsh, um dos maiores apoiadores do projeto foi designado para supervisionar o projeto. O geneticista chefe foi o Dr Owen N’Gata (Nagata), um já idoso pesquisador, mas com idéias dinâmicas de como melhorar as habilidades dos espécimes, para dar aos supersoldados uma ajuda extra contra seus inimigos alienígenas. Também estava envolvido com o projeto o Mago da Genética, Max Sawyer.

As diretivas mestras da criação dos supersoldados foram desenvolver um soldado que pudesse:

1 – Ser capaz de curar e sobreviver danos a níveis que possam matar ou mutilar um soldado normal.

2 – Desenvolver suas aptidões naturais para que estas lhes permitissem lutar com armas naturais em conjunto com o seu arsenal tecnológico.

3 – Ser capaz de ser cruelmente eficiente em combate, garantindo a vitória em todas as situações.

Estas simples diretivas foram interpretadas de formas diferentes pelo comandante Wash e pelo Dr. Nagata, gerando assim dois tipos de supersoldados. O primeiro e a segunda série de supersoldados.

O primeiro lote de supersoldados foi criado para serem soldados na linha de frente da guerra: muito músculo e capacidade de combate, energia bruta e selvagem para executar as missões com uma eficiência mortal. Riker Killbane é um perfeito exemplo de supersoldado de primeira série.

O segundo lote de supersoldados foi desenhado de modo a ser mais inteligente e com uma mente mais voltada ás táticas. Assim eles seriam capazes de planejar e reagir e não apenas ficar combatendo esperando ordens de seus superiores. Shane Gooseman é um perfeito exemplo de supersoldado da segunda série.

Devido a terceira diretiva, os supersoldados nunca forma educados a gostarem uns dos outros. Sendo assim, pequenas desavenças acabam por se tornar verdadeiros “feudos de sangue” entre seus membros. Era comum vê-los trabalhando juntos, mas não como uma equipe; cada um deles julgava-se melhor que o outro nunca pedindo ou concedendo ajuda ou perdão.

Para minimizar seus efeitos perante o público e para manter os soldados isolados de quaisquer efeitos exteriores um grande complexo chamado “Ilha Wolfden” foi construído. Sua área, superior a 400 acres de metal e granito no formato de uma ilha artificial e móvel garantiam as melhores condições de treinamento e alojamento para os soldados. Não apenas isso a ilha garantia condições de confinamento de seus ocupantes o que era impensável em qualquer outra estrutura militar da terra naqueles dias. A ilha conta a inda com vários níveis com cenários de combate que vão desde o urbano, passando por diversas condições climáticas e até mesmo simulando condições alienígenas ou de gravidade zero.

Haviam entre 60 a 180 supersoldados originais, mas ao final dos 21 anos de operações da base de Wolfden, apenas 46 supersodados estavam vivos.

Houve, entretanto, um terrível acidente que decretou o fim prematuro dos supersoldados. O Senator Wheiner decidiu, mesmo contra a decisão da mesa diretora do projeto, induzir um agente de aceleramento genético (chamado de fator X) nos aposentos dos supersoldados. O fator X ainda não estava totalmente testado e seu resultado em animais era minimamente satisfatório.

O resultado foi chocante e fatal para a maioria dos supersoldados. Enquanto que a grande maioria simplesmente morreu no processo outros desenvolveram grandes habilidades.

Suspeitando de uma traição, os supersoldados restantes se rebelaram e fugiram. Durante a fuga o Dr. Nagata foi assassinado por Gravestone. O destino dos supersoldados é desconhecido deste então.

 

Traash

Traash é uma raça alienígena e insetóide que vive num setor afastado da galáxia. Territoriais e intolerantes, eles atacam e destroem qualquer forma de vida inteligente que eles encontrem em seu caminho. Sua tecnologia é avançada o bastante para usarem hiper-propulsores, caças individuais e destroiers.

Trassh não se comunicam por meio vocal. O invés disso utilizam-se de assobios e chiados. Um intervenção diplomática da Ranger Nicko fez com que eles deixassem os setores humanos. A paz, alcançada em 2104 pode ser frágil e ser quebrada a qualquer momento.

 

 

Após a série

Apesar de contar com 65 episódios em sua primeira e única temporada, Galaxy Rangers termina abruptamente, sem um episódio final. Existem dezenas de fanfics na internet a este respeito e mesmo hoje, mais de 20 anos depois de sua estréia nas TVs americanas (14 de setembro de 1986), o que acontece com a série e qual é o episódio final ainda é um assunto razoavelmente polêmico.

Como fã da série – sim, eu vi todos os 65 episódios – o episódio mais adequado para representar o fim do desenho é justamente Armada (como eu já comentei no texto), que conta a mal fadada expedição da Coroa num maciço ataque contra a terra. Acredito, inclusive, que este momento, 2108 seja a melhor data para começar uma campanha.

E quem seriam os personagens? Hoje sabemos que apenas 4 rangers são muito pouco para dar conta de toda a galáxia. Sendo assim, novos recrutas foram chamados e velhos projetos com novos ideais foram reunidos.

Zachary Fox continua o líder dos galaxy rangers, mas, atualmente, ele passa a maior parte do tempo na Montanha BETA, lidando pessoalmente com assuntos que envolvam os cavaleiros da galáxia – envolvendo o treinamento dos novatos.

Nicko continua atuando como cavaleira, assim como Doc Halford. Shane Gooseman está afastado temporariamente enquanto caça alguns dos supersoldados originais que escaparam da Crio-prisão em 2106.

 

E os personagens?

Bom, eles e juntamente com a tecnologia – naves, propulsores mais rápidos que a luz, cavalos robôs e computadores de bordo com personalidade – chegam em outro post. Mas o ideal não são eles e sim os personagens jogadores. Assim como X-men tem Wolverine e todos os seus clones, Galaxy Rangerstem seu Shane Gooseman e seu incrível poder regenerador adaptativo.

Os personagens são pessoas especiais. Nada de rangers fraquinhos… são todos personagens com NP 8-9, mas com uma característica especial: eles tem apenas UM espectro de poder especial. É isso mesmo: nada de um cara que Voa, Solta raios pelos olhos, bolas de fogo pelo rabo e ainda chupa cana e assobia ao mesmo tempo.

A idéia é que eles assumam aos poucos os cargos dos antigos cavaleiros da galáxia na luta contra os perigos do espaço.

Anúncios

5 Comentários (+adicionar seu?)

  1. rsemente
    abr 19, 2009 @ 13:45:57

    Muito bom o apanhado geral, esperando as regras em si (se quizer ajuda estamos ai).

    Na minha infancia não conheci direito o desenho, mas estou tentando ver algusn episodios no youtube :P

  2. rsemente
    abr 19, 2009 @ 13:47:20

    Ah, estou planejando aaptações para os dois grandes desenhos dos anos 80: He-man e Thundercats (Hoooo)!

    É muito bom!

  3. Du Cote
    maio 15, 2009 @ 03:11:32

    consegui baixar todos episodios em torrent e consegui legenda ate o capitulo 19 e estou tendo dificuldade pra encontrar o restante. Quem tiver enteresse ou dicas mande email…abraço

  4. uai
    jun 29, 2012 @ 20:04:07

    eu so sei que o shane goosemam do desenho dos galaxy era louco pela A Niko, em quais todos os episodio ele se mostra carinhoso e muito preocupado com ela.

  5. Marcelo M M alves Junior
    maio 30, 2014 @ 21:54:48

    esse desenho passou quando eu tinha uns3pra4anos,não lembro muito dele,oque fico na memória foi os uniformes azuis,o boneco do pistoleiro loiro que eu tinha+quebrou,quase25ou26anos depois quero ver,pois eu via meus familiares vendo&via junto+eu era bem novo,agora quero entender melhor,esse desenho&outro que passou junto,Dinosaucers,pois ganhei os bonecos do galaxy&do dinosaucers juntos&foram desenhos que passaram quase juntos&eu com a mesma idade,agora quero entender melhor,o boneco do dinosaucer eu tenho ate hoje1dinossauro vermelho grandão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: