Game Report: a sessão de Hoje de Mutantes e Malfeitores

Ok. O que aconteceria se o Capitão América não tivesse sido congelado no fim da segunda guerra?

Provavelmente teria morrido e o Bucky assumido o escudo…

Bzzzzzzzzzzz! Errado!

Isso e mais algumas implicações estranhas para caramba é o que os meus costumazes jogadores da mesa de Mutantes e Malfeitores vão descobrir nas semanas que seguem, depois de uma voltinha por uma estranha máquina do tempo que os levou a contracenar com o Capitão América e o Invasores em plena Segunda Guerra Mundial.

Resumindo algumas coisas que já foram descobertas:

Steve Rogers é o presidente americano desde 1964.  Não houve guerra fria. Não existe URSS.  O Brasil ainda esta sob regime militar graças ao apoio dos EUA e Cuba nunca foi socialista. Fidel é técnico dos RED SOX, time de baseball que ele defendeu por mais de 15 anos. Nunca houve os X-men. Este é o universo que meus jogadores criaram no jogo de hoje quando voltaram no tempo evitaram o desaparecimento do Capitão America.

Agora, de volta ao tempo deles, descobrem que trabalham para um governo quase fascista onde quem fala mal do presidente some. A virada temporal foi tão lascada que não existe internet e a telefonia celular dá seus primeiros passos.

Jean Grey trabalha com Omega Red e Teleporter na frente de libertação democrática, completamente fora da lei.

Caras, estou muito inspirado com esse cenário. O dilema moral dos personagens é fantástico. A menina que salvou o Capitão (a Hypa) está toda confusa com o mundo que ela criou. O Bruno está casado com a Lindsay Lohan e viva com a esposa e a sogra num subúrbio rico de Nova Iorque. Dilson é um solteirão cobiçado e vive no Central Park, cobertura. Hugo e Hypa estão casados. Suca trabalha como agente dupla.

Eu sempre pensei o Capitão morrendo de velhice. Na verdade ele foi corrompido.  Ele passou 20 anos trabalhando para o governo, até o momento que ele sabia demais.  Em 1964, ele mandou o bom senso para o espaço, assassinou Kennedy e assumiu o cargo com uma eleição relâmpago.

A seu modo, ele salvou o mundo. Não existe segregação racial e nem mesmo onze de setembro. A fome ainda existe, mas esta sob controle. Bin Laden é um advogado. Mas não existe muita liberdade de escolha. Os EUA são o novo império romano.

Uma coisa que eu quero com este mini-cenário é colocar em perspectiva duas coisas: todas as escolhas trazem conseqüências e não existe Reset Button. Escolheu, agora agüente… Este novo Universo Marvel trará ainda novas estranhezas. Cabe aos jogadores descobrir.

Anúncios

12 Comentários (+adicionar seu?)

  1. cesar/kimble
    ago 17, 2009 @ 11:40:43

    Conceito legal. Mesmo.
    A parte do Fidel e dos Red Sox tu tirou de Cartas Selvagens?

  2. Dr. H
    ago 17, 2009 @ 17:14:26

    Cara, eu ADOREI esse cenário!!!! Ficou muito pauleira!!! Adorei essa versão do mundo da Marvel! Daria um excelente roteiro de HQ, por sinal.

  3. Leo
    ago 17, 2009 @ 18:58:32

    Inspirado no what if do Grandes Heróis Marvel 39 (Abril formatinho 1993)? Muito bom.

  4. valberto
    ago 18, 2009 @ 13:04:09

    Leo,

    Eu tenho saudades dessa revista. Bons tempos que uma revista não precisava de PhD para ler.

  5. Arquimago
    ago 19, 2009 @ 20:46:26

    Nossa! Que virada! Eu estou empolgado de ler! Você irá trazer mais detalhes certo?

  6. valberto
    ago 19, 2009 @ 21:07:51

    Cara, eu vou tentar.

  7. Hypa
    ago 22, 2009 @ 01:16:24

    …não fui EU, Foi o Samuel L.Jackson!!!
    Pra variar mais uma das minhas personagens “bipolares” vai dar o que falar,ou melhor, só vai dar trabalho!!
    Ótima sessão de jogo, Ótima diversão, Ótimos dilemas.
    Abração, Chef.

  8. Jagunço/Samurai Seis!
    ago 22, 2009 @ 15:56:46

    Entendo Lhufas do universo Marvel mas gostei demais. Curto Terras Alternativas, de um modo geral. Depois conta mais sobre o Brasil. Quem seria o presidente milico atual?
    Abraços, Betão.

  9. valberto
    ago 23, 2009 @ 15:58:33

    O Brasil não será visitado, apriori, pelos personagens. Mas, o movimento das diretas Já foi orquestrado por Rogers, por baixo dos panos. O presidente do Brasil é o velho Lula, e as coisas estão mais ou menos como agora, mas, quem governa mesmo – especialmente quando o assunto são assuntos internacionais – é o empresário brasileiro, Roberto da Costa (que dizem, ter ligações com a CIA).

  10. nielalbino
    ago 23, 2009 @ 21:07:56

    Valberto, se a ditadura militar no Brasil foi apoiada pelos EUA, e em primeiro lugar ocorreu, por conta de chamada ameaça comunista do bloco Soviético, e se basicamente não existe bloco Soviético, por que existe ditadura militar?

  11. valberto
    ago 23, 2009 @ 22:20:18

    Basicamente o Brasil tem uma quantidade de recursos naturais MUITO grande. Seria tolice deixar isso não mão dos brasileiros, não acha? Melhor manter esse pessoal sob controle.

  12. nielalbino
    ago 23, 2009 @ 23:25:14

    Bem, é para ser baseado em quadrinhos da Marvel, então tá valendo… rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: