Procura-se trabalho escravo, não-remunerado e não reconhecido (parte 2)

Em 2007 eu escrevi um artigo comentando um anúncio dá época, como o discutido pelo dot20. Achei por bem dar um raise dead no tópico para ver que as coisas não mudaram de 2007 para cá. Antes de ler a notícia que eu posto abaixo, gostaria que vocês lessem o que eu postei em http://valberto.multiply.com/journal/item/242 e tirem suas próprias conclusões sobre este “recrutamento”.

 Palavra da XXXX :  A XXXXRPG recruta

 A XXXXRPG está selecionando novos redatores para fazer parte de nossa equipe. É importante salientar que o trabalho no nosso portal não é remunerado, mas trabalhar aqui proporciona visibilidade para aqueles que desejam um dia entrar no mercado de RPG.

 Estamos abrindo as seguintes vagas:

 – Dois redatores para D&D/D20 (tanto produtos lançados no Brasil, quanto importados)

– Um redator para Daemon

– Um redator para o novo Mundo das Trevas e/ou o antigo Mundo das Trevas

– Um redator para cinema

– Um redator para games (consoles X-Box 360 ou Wii)

– Um redator para literatura e/ou HQ e/ou mangá

 Os interessados devem enviar uma pequena amostra de seus textos para o e-mail <mxxxxxx@yyyyyyyy.com.br>

Eis o que eu penso do assunto:

http://www.sheezyart.com/view/821125/

Bom, eu não tenho nada contra as pessoas que querem trabalhar de graça. Afinal é para isso que existe o trabalho voluntário. Mas é bom que fiquem todos os pingos nos is antes de sair por aí se candidatando a vaga de web-slave do primeiro site que aparece.
A rede não é um site filantrópico. Ela vende espaços de propaganda. Espaços esses que mais que garantem a sobrevivência do portal. Então quando eu digo que “o trabalho no nosso portal não é remunerado, mas trabalhar aqui proporciona visibilidade para aqueles que desejam um dia entrar no mercado de RPG” eu estou dizendo no mínimo uma mentira. O que o dono do portal faz é trazer para junto de si, sob a falsa promessa de futuramente qualquer coisa, gente talentosa. Essa gente vem e vai e quem fica com a fama é o portal. É uma maneira de manter sempre o cenário brasileiro “amador” uma vez que não se recebe pelo que se produz.
Para se ter satisfação com o seu trabalho, você não precisa da rede. Existem dezenas de sites que não são a rede e divulgam seu trabalho com tranqüilidade. Este é um deles, mas posso citar também a área cinza, o covil, a spell brasil, entre tantos outros. Na verdade você pode criar seu próprio site como é o caso do dot20, do samurai 6 e do poney riders.

Acredito que boa parte dos sites de RPG americanos e alguns sites nacionais de videogame fazem isso. Pelo que eu sei, o área cinza, o covil e o lote do betão não possuem “redatores contratados” com cláusula de exclusividade “or else”. Pergunte ao “Calabouço Tranqüilo” que recebeu uma oferta para não levar seu trabalho para outra revista/site/editora… Bela projeção, que te prende pelo pé… Claro que abertamente o portal não fala. Mas é um fato que descobri perguntando a ex-colaboradores. Dois deles foram categóricos em afirmar que “se apresentassem” seu trabalho em outros sites ou revistas não-rede estariam fora.

Entretanto eu nunca disse que não se deve ter amor à camisa. Eu escrevo especialmente porque me diverte. Mas isso não deveria ser empecilho para que eu lute e conquiste novos espaços, não é mesmo? Ou especialmente que eu avise outros para que não caiam na mesma cilada.

Eu entendo perfeitamente que existe gente que faz por que gosta. Gente que se eu oferecesse para pagar diria “guarde seu dinheiro, faço por que gosto”. Eu não estou negando a existência desse pessoal e nem mesmo quero doutriná-los a se tornarem mercenários. Quero apenas poder me juntar com eles no coro da diversidade: da mesma forma que eles fazem por puro prazer e acham que estão certos eu acho que as pessoas deveriam ser recompensadas por isso quando as condições assim permitirem.

Termino com a frase do Fred: “Se a pessoa quiser te colocar debaixo da asa dela, desconfia. O que tem debaixo da asa de avião é a turbina, aquele negócio que ninguém lembra, mas que mantém o enorme veículo de metal no ar. Já ví muitos caírem neste conto.”

Anúncios

17 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Arquimago
    out 23, 2009 @ 18:09:44

    Interessante.

    Não tenho conhecimento de causa, mas é estranho…

    Mas o melhor é a frase do Fred!

  2. Danielfo
    out 23, 2009 @ 21:46:41

    Pois é, se vc quiser trabalhar de graça, tenha certeza que todos que vc ajuda também o façam.

  3. Filipi
    out 24, 2009 @ 02:18:39

    Acho que o grande lance é a honestidade, pra que uma babaquice de falar em visibilidade, etc. Bastava dizer, queremos trabalhadores voluntarios e ponto final. Agora, ficar contando histórinha pra boi dormir… pera lá né!
    Eu penso no seguinte, se vou colaborar de graça, sem receber um centavo eu vou fazer quando tiver saco, algo sem compromisso. Por isso não entro nessa de trabalho voluntario em “certos portais”, sei que no fundo vão me cobrar como se recebesse milhares de doletas no final do mês… Por isso resolvi fazer um blog! Pago nada, escrevo uando posso e tenho saco!

  4. Shinken
    out 25, 2009 @ 02:49:24

    Picaretagem da braba mesmo.

  5. Nibelung
    out 25, 2009 @ 14:00:31

  6. Alexandre Fnord
    out 26, 2009 @ 09:55:56

    Perfeito Valberto. Penso exatamente como você. O site recrutou, vai quem quer, mas que fique bem claro que o site ganha dinheiro com isso e que os colaboradores não. Simples e sem enrolação. Eu nunca criticaria o dono do site por fazer isso, mas aqueles que se meterem nessa, têm de ter a consciência de saber todos os detalhes antes de entrar no barco.

  7. Doutor_H
    out 28, 2009 @ 20:02:10

    Caras… eu não sei. Veja bem, o que realmente ele disse de mentira aí? Ele (Telles) só disse que não paga pelo trabalho. Se não quiser, não vai. Se você quiser, você vai, sabendo que não vai ganhar nada. Se não gostarem da sua assiduidade, você cai fora. É assim em qualquer lugar, é assim no mercado de trabalho e é assim até mesmo em jogos de futebol de fim-de-semana.

    Ao meu ver, a proposta foi suficientemente clara.

  8. valberto
    out 28, 2009 @ 20:49:54

    Suficientemente clara, ou sufucialmente enganosa? Quer dizer, que tipo de “visibilidade para aqueles que desejam um dia entrar no mercado de RPG”? Existe uma demanda? Quantos grandes escritores foram descobertos/lançados pela rede?

  9. Dr_H
    out 28, 2009 @ 21:16:11

    Suficientemente clara. Visibilidade existe. Isso é indicutível. Eu já olhei nomes de autores da Rede nas matérias que GOSTEI. As que não gostei, nem isso me importei.

    Agora é TREMENDA? Você será o próximo MONTE COOK, MARK HEIN-HAGGEN, MARCELO DEL DEBBIO?

    Não, provavelmente não.

    Agora o Telles formentou os sonhos de quem pensa ser isso, indubitavelmente. Aqueles que se inscreverem somente com as idéias de se tornarem o novo rockstar do RPG trabalhando numa coluna sem metas mais palpáveis (como ver publicação do próprio material, inserir metas razoáveis no próprio serviço, esperar usar o Portal para fins próprios), me desculpe a palavra, mas realmente é um tolo. E tolos não tem lugar no mundo capitalista. Telles forneceu a verdade pelas palavras dele, como todo escritor parcial faria – mas mentir? Não, não vejo mentiras aí.

  10. Beholder
    out 29, 2009 @ 01:10:22

    Cara esse esquema ai da rede é foda mesmo =T
    mudando de assunto deixa eu te pergunta uma coisa…
    pelo que eu vi a pendragon tah fechada e coisa e tal… vc sabe de um lugar bacana aonde eu possa achar umas miniaturas pra comprar? =T
    parabens pelo blog… leio sempre xD

  11. valberto
    out 29, 2009 @ 02:21:36

    H, a questão não é essa. Eu sei, por exemplo, que fumar faz mal. É por isso que eu aviso aos meus alunos. Eu coloquei o aviso neste site por dois motivos: 1 – eu acho que o mercado não crescerá nunca enquanto houver essa mentalidade de “o site ganha com o seu trabalho, mas vc só ganha visibilidade”; e 2 – o Telles é mau caráter. Talvez vc não saiba, mas ele proibiu que os colaboradopres da rede fizessem material em outros sites ou revistas. Pergunte ao Leonel – o cara que escreve calabouço tranquilo e bruno josé.

  12. valberto
    out 29, 2009 @ 02:21:59

    Cara, eu sempre compro na Moonshadows.

  13. rsemente
    out 30, 2009 @ 23:50:50

    Tem outro problema: se ele diz: “visibilidade do mercado”; e um pouco antes falou: “O Mercado está em crise…” você vai estar adquirindo visibilidade para um mercado em crise? isso é um pouco contraditório.

  14. rsemente
    out 30, 2009 @ 23:53:00

    Além de existirem aqueles que não existe um “mercado” realmente relevante de RPG. Quem fatura mais com RPG traduz RPG, não cria. Os que se dão bem com RPG nacional criaram o mercado proprio (Tormenta, Daemon), e nunca vi um recrutamento dos caras (contrata-se Escritores de RPG).

    :P

  15. Paulo B Santos
    nov 06, 2009 @ 05:06:10

    Fala lá Betão, então é a REDE e a FALERPG com a mesma idéia, 1º foi a REDE e depois de uns 3 dias foi a FALERPG com a mesma ladainha. Na boa, cada um pode fazer seu blog e tal, nada de fazer trabalho “voluntário”.
    Cara na boa, esses sites que estão pedindo qualquer UM para fazer conteúdo de graça é PQ estão queimados, principalmente uma tal de XXXXRPG, se eu falasse isso na XXXXRPG o “dono” do site iria sumir com minha resposta e ainda por cima iria receber um aviso de “pare com essas provocações ou irei banir vc”, é por isso que a XXXXRPG tá sem NADA no seu conteúdo, nada mesmo, é só olhar lá.

    Bom é isso ….

    Abraço
    Paulo

  16. valberto
    nov 06, 2009 @ 11:09:59

    Só toma cuidado com uma coisa paulo… pedir trabalho voluntário não é errado. Dá quem quer. O lance é pedir trabalho voluntário dizendo que vai reciompensar vc com alguma outra coisa.

  17. Paulo B Santos
    nov 06, 2009 @ 16:05:13

    Sim Betão, pedir trabalho voluntário nunca foi crime nenhum, mas na boa com a falsa promessa de ser alguém na vida, ai é outra coisa.
    Na boa, eu faço trabalho voluntário no Hospital de Barretos e na boa, fico feliz em poder ceder apenas 1 dia por ano para ajudar quem precisa.
    Bom dá quem qué :) é isso… ABraço Betão !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: