Por que você joga?

Um dia desses eu estava especulando, conversando com alguns amigos meus o que é que tem de tão sedutor em jogar RPG, pelo menos para aquele nosso pequeno grupo. Os motivos foram tão variados quanto as pessoas, mas uma coisa ficou patente em todos os relatos: o fato de cada um, a seu modo, divertir-se interpretando um tipo de personagem.

Por minha parte gosto de ser o cara que é depreendido e ajuda as pessoas. Não por acaso minhas classes favoritas são o clérigo e o paladino. Mesmo quando não jogo com esse tipo de personagem, dou um jeitinho de ajudar pessoas. Foi o caso do meu primeiro personagem de Eberron, um guerreiro Warforged (reforged) chamado Trap Jaw. Quase tudo o que ele ganhava com suas aventuras era destinado a um pequeno orfanato na periferia de Sharn, ou de um dos meus personagens de vampiro, a máscara chamado Judas – um cangaceiro vampiro que roubava dos ricos para dar aos pobres, no melhor estilo Robin Hood, mas com peixeiras no lugar dos arcos.

Já a Sued prefere jogar com personagens em fase de descobrimento e deslumbramento com o mundo. São sempre viajantes, peregrinos um tanto filósofos e poéticos. Mesmo assim são sempre personagens cativantes e divertidos. Bons companheiros de viagem.

Sweldma prefere a comicidade. Seus personagens são sempre engraçados e divertidos, um pouco atrapalhados, mas sempre rebeldes e com uma dose extra larga de humanismo. É o caso da princês que ela interpreta em nosso jogo semanal/quinzenal/só deus sabe quando: cansada da vida da corte e inspirada pelas histórias do avô ela sai pelo mundo como uma barda aventureira. Divertidíssimo, hein?

Mas quando o assunto se volta para as “big guns” devo destacar a parceria entre Hugo e o seu personagem. Edward Vainbreaker III, príncipe exilado do reino dos anões é o paragon anão em forma viva. Ele é tudo que você quer ser um anão de verdade. Esqueça Thorin Escudo de Carvalho. Esqueça Flint. O anão Eddy não é apenas uma máquina de moer carne em campo de batalha, mas também possui uma das interpretações mais sensíveis de como o poder e a amizade andam juntas sem que uma macule a outra.

Não posso deixar de argumentar mais duas pessoas: a Hypa que tem a dualidade como base de divertimento uma vez que seus personagens são sempre “duais”, sempre indo de um extremo ao outro. É o caso da dama élfica que era ao mesmo tempo maga e ranger e que mais recentemente optou por seguir exclusivamente o caminho da magia.

O último é o Bruno, o rei do “misture isso com isso e temos uma coisa bem diferente e especial”. Acredito que o motor invisível que o move é justamente a sua capacidade de torcer as regras para poder montar personagens diferentes e únicos como o seu ladino mago, Blackdagger.

Seja lá o que mova você a jogar, dê um jeito de manter essa chama acesa. Ou pelo menos, de renová-la de tempos em tempos. Para que o jogo seja sempre divertido. E acima de tudo jogue, faça esse esforço. É divertido e no final, compensa. Seja montando um personagem maligno que só serve para matar os outros, ou um big Bill bandalha que rola mais dados para dano do que tem grãos de areia na praia, ou seja aquele cara que esta muito mais preocupado com a história a ser contada, divirta-se e deixe que os outros divirtam-se com você.

Anúncios

4 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Arquimago
    mar 22, 2010 @ 13:42:36

    Provavelmente eu já disse isso, mas como não posso predizer o futuro…

    Um dos melhores posts que já li!!!

    Percebi um sentimento e um simplicidade que tocam fundo na alma.

  2. Gilson • RPG • Educação
    mar 22, 2010 @ 20:00:13

    Muito bonito mesmo. Parabéns. Simplicidade do que se busca, de cada um, que é a diversão.

    Já ouvi de um narrador que o que importa é apenas jogar. Triste. Abandonei a mesa.

    Gilson

  3. Ricardo
    mar 22, 2010 @ 21:35:31

    Cara, sensacional… vou fazer uma enquete dessa também em meu grupo…

  4. Sweldma
    mar 22, 2010 @ 23:15:52

    Hahahhaha..aadoooooooroooo!!!!!
    Como sempre, se superando no nivel dos posts…Suca fã!!!!!

    Quando teremos jogo??? hehehhehhhe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: