Não me contento mais com isso.

Sabem pessoas eu descobri uma coisa muito legal hoje. Legal e ao mesmo tempo triste. Bem, triste de certa forma, mas nada assim tão triste… é melhor entrar de vez no assunto que esta ficando estranho.

Mais ou menos três meses atrás eu fui apresentado a uma incrível oportunidade de negócios pela minha esposa. Por uma questão de suporte aos sonhos dela resolvi aderir ao negócio sem muitas expectativas. Ia fazer como manda o figurino e se desse alguma coisa, já estava bom. Daí começou a acontecer uma coisa engraçada: eu comecei a estudar e a fazer cursos para ajudar a minha esposa nessa nova empreitada. E a cada novo curso, cada nova aula, cada novo vídeo, cada nova reunião eu descobria que para que o mundo a minha volta mudasse eu precisaria mudar. Pelas nossas contas, no último mês tivemos uma renda extra de mais ou menos dois mil reais (convenhamos, não deixa ninguém rico, mas faz diferença no orçamento do fim do mês). Mas não é o reforço financeiro que me fez chegar à descoberta que comentei no começo deste post. Tá o dinheiro é bom, mas o crescimento espiritual que eu venho passando, cara, ele não tem preço.

De uns dois meses para cá eu descobri que estou mais cheio de vida, com mais energia, mais disposto a encarar a vida de frente. Deixei de empurrar com a barriga, deixei de “deixar como está para ver como é que fica” e passei a tomar controle da minha vida. Hoje me sinto uma pessoa mais feliz e realizada, cheia de sonhos. Cara, eu tenho sonhos para se realizarem. Não sonhos quaisquer, podados pelo “se sobrar dinheiro eu vou e faço”, mas sonhos que me dão disposição para encarar cada dia como uma nova chance de aprender alguma coisa nova e de me melhorar como pessoa. E isso, não tem realmente preço.

E sabe qual é o lado triste disso tudo? Pessoas, amigos que estão vendo essas mudanças acontecendo em nossas vidas estão achando ruim. Sério. Ficam tentando me colocar para baixo, tentando desmerecer nossas conquistas com palavras de caos, desordem e apontando todos os problemas do mundo. “Ô Valberto, cara… como você pode estar tão feliz com [coloque aqui o problema da hora]”. Problemas? Vamos lá: Lula, crise, o Brasil perdeu a copa, os alunos não estudam, o salário esta ruim, os juros estão altos, tem prova para corrigir, faltou luz, a crise internacional, morreu o filho de fulano de tal, políticos corruptos… na boa eu sei que tudo isso acontece. Mas não é por isso que vamos sentar na beira do caminho e ficar chorando as pitangas.

Fato é que estou me afastando de um monte de coisa que fazia o velho “Eu” ser o “velho eu”. Deixei de ver certos sites, programas e mídias que tudo o que faziam eram encher minha cabeça de mediocridade. Deixei de freqüentar a sala dos professores em duas das três escolas que eu leciono porque o meu espírito não tem mais “saco” para ver quem será o mais coitadinho da vez. Não tenho mais tempo para o rosário de lágrimas dos problemas que abundam o mundo.

O problema é que o novo Valberto não é tão compatível com os amigos que o velho Valberto tinha. Se eles não são capazes de aceitar que eu mudei, que eu evoluí nestes últimos tempos, bom não posso fazer nada a não ser torcer que encontrem o caminho deles. E claro, me afastar deles. Estou tomando essa decisão de forma muito pensada e ponderada. Enquanto servir para me ajudar a crescer enquanto ser humano fica, se não serve mais, vai embora. A pobreza espiritual é contagiante por demais. E é algo que eu não quero mais para mim.

Desculpe se você veio aqui em busca de algum texto de RPG. Fica para outro dia. Mas hoje eu tinha de desabafar, de verdade.

Anúncios

10 Comentários (+adicionar seu?)

  1. anaobatedor
    jul 21, 2010 @ 22:12:51

    Agora pega toda essa motivação e faça um post de rpg kkkkkkkk.

    Falando serio agora , sempre vai existir esses tipos de pessoas em qualquer lugar do mundo não interessa se é no Brasil ou no Japão que colocam vc pra baixo. Não é só contigo que aconteçe o mundo é grande e existe varias pessoas pior que vc e em uma situação pior que vc.

    A unica coisa que é recomendado se vc realmente estar se sentido bem com a vida , guarde pra vc e para sua esposa. Comente com ela e não com as pessoas ao seu redor.

    Simples , vc não comentando com as outras pessoas , elas não vão te descarregar energia negativa.

  2. Coisinha Verde
    jul 21, 2010 @ 22:19:06

    Meus sinceros parabens Valberto!
    Ótimas e verdadeiras palavras!

    É extremamente triste ter de se afastar de amigos (e eu sei mt bem isso), mas as vezes é mais triste ainda tentar viver com essa angustia.
    O bom é que com o tempo a gente começa a colecionar boas e verdadeiras amizades, e alguns até podem vim “pro lado de cá”. Isso me aconteceu recentemente, e uma amizade que parecia perdida se renasceu ainda melhor!

    (agora sou eu que estou desabafando… hehehe)
    Melhor parar antes que o “Lote do Betão” não vire o “Divâ do Betão”…
    hehehehe

    Abraço!

  3. césar/kimble
    jul 22, 2010 @ 00:46:18

    Nah, infelizmente tem disso. Você melhora tua vida, começa a seguir pra um caminho que te faz bem e alguém aparece pra tentar puxar teu pé.
    Se você está feliz, se está fazendo bem pra ti e pra tua esposa, vai lá cara. Continua, porque o importante é isso.

  4. rsemente
    jul 22, 2010 @ 12:23:29

    Boa sorte com o Novo eu Betão, força nas empreitadas e os sonhos nunca morrem!

  5. oneiros_fe
    jul 22, 2010 @ 13:12:37

    sou professor eventual do Estado de São Paulo desde esse ano, embora pudesse te-lo feito desde o ano passado, tive um período complicado, minha esposa sofreu um aborto natural aos 6 meses de gravidez ano passado, foi um tremendo baque do qual ainda penamos para suportar. O governo do Estado vem ridicularizando e prejudicando os professores a algum tempo e isso vem prejudicando muito a minha renda, toda vez que vou para a Escola, penso em como o mundo vai conseguir caminhar daqui a alguns anos, é como se estivesse tudo indo pelo ralo. Passei anos estudando e me podando para concluir a faculdade, me individei, estou tentando financiar uma casa ou apartamento mas ta difícil, e o que eu mais vejo são pessoas que não querem nada com a vida virando tudo de ponta cabeça, crianças dirigindo carros e dando mais valor para um celular e uma roupa do que pro colega do lado.
    Bom, a verdade é que sei pelo que você passou (ou melhor, suponho) e imagino como essa mudança está sendo bem vinda, então continue assim, pense positivo, pense em você e sua esposa e naqueles que querem o seu bem, é isso que venho fazendo, ainda não melhorei como você parece ter melhorado, mas, minha mulher engravidou novamente, e se isso não um motivo para dar o meu melhor “por elas” eu não sei o que é. Meu único lamento e ver que minha filha vai viver nesse tempo, e infelizmente as pessoas herdam mais de seu tempo do que de seus pais.
    Cara isso ta enorme então é isso sucesso em tudo que fizer.

  6. Arquimago
    jul 22, 2010 @ 13:43:28

    Pensamento negativo é que nem buraco negro, suga tudo e não dá nada!

    Melhor mesmo ficar longe dele!

  7. Janary
    jul 22, 2010 @ 14:21:46

    Betão, sei bem o que você está passando hoje (pelo menos acredito saber, pois passei por algo semelhante um tempo atrás) e uma amiga que não via há anos e reencontrei a pouco tempo, me falou algo interessante “A vida passa e todos mudam, mas algumas pessoas não aceitam isso. Essas ficam para trás enquanto vamos crescendo, melhorando”.

    Acho que isso serve pra você. Não lembro se já te mandei algum email, mas no final dos que envio tem uma frase que acho incrível por dizer mais do que realmente está escrito: “A vida passa rapido demais e se você não para de vez em quando, pra viver a vida, acaba perdendo seu tempo!”.

    Só espero que o RPG continue hehehehe
    Abraços e boa sorte nessa nova etapa!

  8. Ellayne
    jul 23, 2010 @ 17:27:59

    me conta “o segredo”…quero 2mil a mais na minha conta corrente kkkkkk

  9. Cleciano
    jul 26, 2010 @ 13:02:03

    Legal Betão, eu sempre costumo dizer que existe a inveja boa e a má, a boa é quando você vê alguem que tem sucesso e pensa – puts um dia eu chego lá, vou ser que nen esse cara, e tem a má que Você vê o cara e pensa- bah olha lá o cara, vou derrubar ele, tá muito abobado, o fato é que devemos sempre procurar pessoas que querem o nosso bem!

  10. Lobo
    ago 03, 2010 @ 12:47:23

    É isso aí Betão! Eu tenho sido muito feliz ultimamente, com todos os problemas que tem ocorrido. O problema maior é que as pessoas só focam no que é ruim. Sendo que tem muita coisa boa na vida.

    Estou curtindo muito mais minha vida. Olho pra minha filha e uma alegria forte me sobe, à minha esposa idem.

    Levante a cabeça e siga em frente! Parabéns.

    PS.: Eu não sou de postar em lugar algum, mas você me pediu e faço questão. ;)

    Um grande abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: