Dando nome aos bois (ou seria “dragões”?)

Nomenclatura e RPG

 

Tenho estado afastado das listas de discussão, dos fóruns e até do meu querido Lote por motivos particulares. Mas hoje uma pequena discussão chamou a minha atenção. Versava justamente sobre a pormenorização dos termos envolvidos com o jogo de RPG.

Se não me falha a memória alguém reclamou que hoje o termo RPG foi desvirtuado, sendo separado em dezenas de vertentes que só servem para confundir ou ainda separar ainda mais os nichos do jogo.

E o que eu acho disso? Acho que não houve qualquer disvirtualização. Pelo menos não no que concerne ao termo virtude. Afinal, a temperança da virtude esta justamente no seu equilíbrio. RPG é um jogo de escolhas e portanto um jogo voluntário advindo do hábito. Sendo assim, a medida que ele vai se refazendo e se repetindo ele vai se tornando melhor e cada uma de suas partes vai ganhando mais mobilidade. Mais ou menos como quando as ciências começaram a se desprender da filosofia.

Alias, dar nomes é uma característica humana. Quando não sabemos o que estamos enfrentando não temos como tomar as medidas corretas. Saber o nome correto do que estamos combatendo pode ser a diferença entre a vida e a morte. Pergunte ao Dr. House. É muito mais fácil chamar de “RPG Indie” do que de “RPG realizado sem o apoio de grandes empresas do ramo”, assim como é mais fácil falar em “crunch” do que em “aspectos referentes à mecânica de jogo”, e assim por diante.

As palavras nascem pela necessidade, e se consagram pelo uso. Uma das funções dos nomes é, portanto, ajudar a categorizar e organizar o conhecimento humano. Damos nome, não apenas para estereotipar, mas para dar sentido. Se outras mídias, como o cinema, fazem isso, por que o RPG não faz? Nem todo filme é de ação. Nem todo RPG é mainstream.

Entrando ainda mais neste ponto, como qualquer elemento formativo humano, o RPG é uma construção diversa. Existem tantos tipos e estilos diferentes de jogos como existem pessoas interessadas em adquiri-las e jogá-las. Saber o rótulo daquele RPG o auxilia na escolha certa. Afinal, se não tem plaqueta na sorveteria self service, você corre o risco de levar para casa o sorvete de coco no lugar do de creme.

Então, termos como “railroad”, “sandbox”, “fluffy”, “crunch”, “mainstream, “indie”, “storyteller” nada mais são do que pequenos rótulos que nos ajudam a escolher melhor o jogo que nos serve. Saber seu significado é apenas mais uma informação relativa aos jogos.

 

6 Comentários (+adicionar seu?)

  1. jaimedanielleandro
    fev 17, 2011 @ 15:53:30

    Tu-dum!!!! That’s all folks!!
    Concordo!

  2. valberto
    fev 17, 2011 @ 15:55:28

    Carvalho… foi rápido esse… eu mal tinha terminado de postar…

  3. Ryunoken
    fev 17, 2011 @ 16:05:47

    Fiquei curioso agora. A última vez que joguei ainda era RPG… Brincadeiras à parte, onde eu posso encontrar descrições para esses termos? Não pensa em escrever sobre isso?

  4. Tek
    fev 17, 2011 @ 16:31:29

    É aquela história: partindo do pressuposto que é um jogo de interpretar papéis, qualquer brincadeira onde se imagina ser uma pessoa/criatura/etc diferente poderia ser caracterizada como tal.
    A diferença é que o conceito mais aceito de RPG é o de fazer isso de maneira organizada (num jogo), com regras pré-estabelecidas (sejam quais forem, desde que existam) e geralmente com a supervisão de um “facilitador” (o Mestre/Narrador/etc).
    Como eu disse no twitter, pra mim até o RPG de Rebelde é RPG, gostando os “puristas” ou não. Arrisco até a dizer que a garotada que jogava assim se divertia muito mais que alguns desses “puristas”.

  5. Red Dragon
    fev 17, 2011 @ 19:50:04

    É as palavras tem poder, ainda mais os nomes.

  6. Arquimago
    fev 18, 2011 @ 09:25:38

    E já fizeram todos os comentários legais que eu pensei…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: