Desafio RPG – Dia 16

RPG com a melhor cena cinematográfica

Devo dizer, sem a menor falsa modéstia, que fui o protagonista da cena que vou descrever em poucas linhas. Era a minha primeira campanha séria de vampiro: a máscara, 2ª edição, e estávamos em mesa eu, Jon, Kiarelly, Regis e Fernando e mais um que não recordo o nome agora.

Fato é que estávamos atrás de um mago chamado Paulle Lupin (Paulo Coelho) e numa dessas empreitadas estávamos sendo perseguidos por seus asseclas em velozes carros pretos. Estava com Kiarelly numa moto e o meu personagem era um Brujah que durante a vida foi dublê de cinema e agora ganhava a morte como caçador de recompensas.

Havíamos acabado de roubar uma filacteria do tal do mago e ele estava atrás de nós com gosto de gás. Resolvemos nos separar e atrás de nós veio um carro com 4 agentes do mago. Kiarelly estava com a filacteria na mochila e era uma questão de tempo que nos alcançasse. Daí eu disse para ela se preparar para pegar a direção da moto. Flexionei os joelhos e dei um mortal para trás. No ar saquei minhas duas pistolas-metralhadoras e disparei tantas vezes pude contra o carro lá em baixo. Rolei os dados e obtive mais sucessos do que eu jamais tinha conseguido na vida: 14 sucessos!

A mesa aplaudiu quando o carro, mais furado que queijo suíço, bateu num poste e explodiu. Daí, um engraçadinho – acho que foi o Jon – perguntou: bacana… e agora como você vai pousar? Não teve como e uma árvore amorteceu minha queda, me empalando. Foi muito Legal.

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. ellayne
    maio 16, 2011 @ 09:57:33

    Adorei, foi bem missão impossível mesmo! nunca tinha ouvido falar em tantos sucessos na minha vida.

  2. Igor "Carcará"
    maio 16, 2011 @ 18:09:15

    Teve um live que eu jogava aqui em SP, o Refúgio dos Ventos. Eu era o “Carcará”, Gangrel de 8ª geração, anarch que para fugir da Camarilla, me infiltrei nela, e já havia começado com uma boa pontuação em disciplinas, e por ser um dos jogadores que estavam na campanha desde o começo também as evoluí bastante. E embora tivesse muito poder, acho que em 15 lives, somente em 2 usei disciplina e para fugir somente. Mas, alguns dos outros players, preocupados com o que eu poderia fazer se eu quisesse (acho que se impressionaram com o respeito e status que consegui no decorrer da crônica) decidiram por “se livrar” de mim. Me armaram uma emboscada… em um beco sem saída, encheram 4 carros com c4 e os explodiram quando fiquei entre eles. O narrador , meio sem graça, disse que não havia o que fazer. Porém, um outro narrador que estava próximo resolvendo outra cena, ouviu e pediu para ver a planilha e ao fazer isso, se lembrou de uma habilidade que, se não me engano, precisava de potência 4 e fortitude 5, e eu tinha 5 nas duas, onde gastando 1 ponto de força de vontade permanente eu absorveria todo o dano de uma cena. Eu o fiz. “mas tem o rotschek (acho que é assim que escreve, rs…)” gritavam os jogadores. Pela força da explosão, o tanto de fogo, barulho, destruição e o caramba, eu devo ter tirado uns 10 jan ken po com os narradores e ganhei todos!! Conclusão, saí da cena pelado porque minha roupa queimou, puto porque meu caminhão no estilo Falcão foi destruido e os players trocaram de personagem pois sabiam o que aconteceria assim que eu colocasse as minhas mãos neles…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: