Missões de Shadowrun S1E3

Crônica Esportiva [Escolta e Eliminação]

O futebol é o ópio do povo e o narcotráfico da mídia.

 

Empregador: Jeff de Santa, olheiro do Seattle Sounds. Ele foi jogador, jogou a copa do mundo e se arriscou como técnico. Mas seu trabalho como olheiro e contratador fez com que algumas das maiores estrelas do futebol fossem para Seattle.

Sinopse: Jeff de Santa é um ex-atleta do maior time de futebol de Seattle. Atualmente ele é olheiro e o grande responsável por contratar novos jogadores e estrelas em ascensão. Seu novo protegido é um atacante elfo de nome Peter Reinhardt. Jeff está fazendo de tudo para que Peter assine um contrato de três anos com o Seattle Sounds. Ele já começou as negociações, mas descobriu que apenas pelos meios legais ele não vai conseguir a estrela em seu time. Ele descobriu que existem pelo menos mais três times rivais na luta pelo jogador, sendo que todos eles têm equipes de shadowrunners que estão fazendo um verdadeiro jogo de capa e espada nos bastidores para que o jovem prodígio assine com seus times.

Jeff sabe que este é um jogo que onde jogam três, podem jogar quatro. Ele contrata os jogadores para servirem de escolta de Peter de sua cidade natal até Seattle (cerca de 10 horas de carro, já que o rapaz tem medo de aviões) e mais três dias enquanto ele está em Seattle para assinar o contrato quando completar 21 anos. Além de garantir a segurança do atacante, os jogadores devem garantir que ele não assine nenhum contrato com outras equipes.

Jeff joga duro e vai pagar a cada jogador 5 mil, mais mil por dia para despesas e mais 2 mil por cada dirigente de time rival que for abatido no processo. Todas as equipes rivais querem o atacante vivo e bem disposto, mas nada impede que um time rancoroso por não ter sido o escolhido resolva encerrar prematuramente a carreira do jovem astro.

Notas: O objetivo dessa missão, no entanto, é introduzir uma ideia aos jogadores: que todo mundo usa os shadowrunners, mesmo empresas tradicionais e acima de qualquer suspeita – como times de futebol. Basta pensar nas especulações e contratos com cifras milionárias que você escuta diariamente nos noticiários. Imagine que para conseguir o contrato assinado ou uma vantagem no próximo jogo os jogadores são contratados para envenenar a água do hotel, de quem sabe um time rival. Quem não pagaria para ter o livro de estratégias do time adversário?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: