Background: Caçador de Recompensas para D&D 5e.

Caçador de Recompensas

 

“Não me leve à mau filho. Não tenho nada contra você, especificamente. Mas a sua cabeça está à prêmio e eu vim coletar. Você tem duas opções: pode voltar comigo vivo ou morto. De qualquer forma, você vem comigo”. – Largbur, meio-orc ranger, caçador de recompensas.

 

Você rastreia e captura fugitivos em busca da recompensa colocada sobre suas cabeças. Você pode ter trabalhado na fronteira, onde caçava bandidos, ou talvez você espreite o submundo da cidade em busca de ladrões e outros criminosos.

 

 

Proficiências:

Investigação e Sobrevivência.

 

Ferramentas

Ferramentas de ladino.

 

Idiomas

Uma linguagem bônus à sua escolha.

 

Equipamento

Duas algemas de boa qualidade, corda de seda (50 pés/15m), roupas de viagem, cinto com bolsas, 30 moedas de ouro e 1d6 cartazes de procurado.

 

Características

 

Recurso: Mural de recompensas. Quando você está numa zona civilizada do mundo, você pode conseguir informações sobre procurados e as respectivas recompensas por cada um deles, além de respaldo legal para rastrear, caçar e se for o caso até matar esses fugitivos. Se você for famoso o bastante são as autoridades que vão procurar por você para que você resolva problemas que a guarda comum não pode mais resolver. Sua própria reputação e habilidade facilitam que você estabeleça contatos mutuamente úteis entre você e os guardas da cidade.

Se você está rastreando alguém e falhar em localizá-lo você tem meios e contatos para “esquentar as pistas” e conseguir uma nova localização. Isso, claro, fica a critério do DM: é ele que determina se a informação está disponível, o quanto da informação está disponível e se é confiável, e o preço da informação. Nada fora do comum, afinal de contas algumas criaturas conseguem mesmo serem difíceis de localizar.

 

Características Sugeridas

Caçadores de recompensas são confiantes, e ás vezes essa confiança (ou o seu excesso) são sua queda. Muitos Caçadores de Recompensa acreditam que estão acima da autoridade e das leis locais quando estão em uma caçada, mas eles sempre sabem quem paga suas contas.

 

Personalidade

  1. Eu sempre carrego um pequeno souvenir de todos os prêmios que eu coletei.
  2. Eu espero o melhor de todo mundo – especialmente dos meus alvos: nada pior do que uma caçada sem graça e nem perigos.
  3. Eu sempre caio por uma história triste e as vezes faço até pequenas caçadas de graça.
  4. Tenho um código de honra pessoal: não caço mulheres e nem crianças.
  5. Não sou muito de falar. Deixo que minhas ações falem por mim.
  6. Eu gosto de trabalhar em equipe: grupos significam alvos maiores e, portanto, recompensas maiores.

 

Ideal

  1. Vingança. Meus pais foram assassinados. Seus assassinos nunca forma encontrados. Eu vou encontrá-los.
  2. Criminosos perturbam a ordem da civilização e é meu trabalho restaurar essa ordem.
  3. A caçametomainteiro. Desse modo eu não preciso ficar preso na minha cidade natal.
  4. Os meus contratos de caça são a minha autoridade. Esse pode transcede fronteiras.
  5. Justiça. Eu sempre procuro trazer meus alvos vivos para que eles possam enfrentar um julgamento e uma punição justas.
  6. Negócio. São apenas negócios. Eu executo um serviço especializado e espero ser pago por ele.

 

Elo

  1. Eu uso uma identidade falsa. Existe uma recompensa pela minha identidade real.
  2. Eu quase nunca caço para mim. Grandes partes das recompensas que eu consigo são para as vítimas dos meus prisioneiros.
  3. Cada nova recompense que eu consigo me deixa mais próximo de um grande e lendário contrato.
  4. Eu sou um monstro. O que eu faço é maligno, mas necessário. Eu não tenho ilusões românticas sobre isso.
  5. Eu respondo a uma autoridade superior. Eu sou uma ferramenta da justiça.
  6. Eu sou a lei! Quando eu encontrar você, será a sua hora de pagar por seus crimes.

 

Defeitos

  1. Eu não consigo olhar nos olhos dos meus alvos. É difícil para mim vê-los apenas como uma bolsa de ouro.
  2. Minha ganância é maior que o meu bom senso. Raramente eu deixo escapar um bom contrato, não importa o quão difícil ele seja.
  3. Eu prefiro matar meus alvos do que trazê-os vivos. Pode ser que eu ganhe um pouco menos, mas certamente é mais fácil transportar um corpo do que uma pessoa viva.
  4. Eu não faço amizades facilmente. A meus olhos todo mundo por ser um alvo em potencial.
  5. Eu sou o melhor no que faço e o que faço não e nada bonito. Se você for esperto vai ficar quietinho na sua, se você sabe o que é melhor para você. .
  6. Eu só me importo com o dinheiro. Se o meu alvo pagar bem o bastante eu posso deixa-lo em paz, por um tempo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: