RPG-a-Day 2015 – parte 2.

#RPGaDay2015: parte 2 (8-14)

Dia 8 – Aparição favorita de RPG em outras mídias

Foi numa minissérie do Robin, onde ele tem que enfrentar o Coringa sozinho, numa Gothan em pleno inverno. Ele tem a ideia de rastrear o vilão depois de uma partida de D&D com os amigos nerds da escola.

It was a miniseries of Robin where he has to face the Joker alone, a Gotham in winter. He has the idea to track the villain after a game of D & D with school friends.

Dia 9 – Mídia favorita que você queria que se tornasse RPG

Atualmente tenho jogado bastante Assassins Creed (1, 2, 3, e 4) e acho que o cenário seria bem interessante para ser convertido num jogo de mesa. Não sei se já existe, mas se existisse eu gostaria de dar uma olhada.

Currently I have played quite Assassins Creed (1, 2, 3, and 4) and I think the scenario would be interesting to be converted into a board game. I do not know if it exists, but if there were I would like to take a look.

Dia 10 – Editora de RPG Preferida

Para esse ano fico com a Wizards que ainda não atrasou e nem lançou nenhum produto abaixo da média. Mas se for para pensar com carinho e honestidade eu não tenho nenhuma editora em alta estima.

For this year I get the Wizards who have not delayed and not released any product below average. But if it is to think fondly and honestly I have no publisher in high esteem.

Dia 11 – Escritor favorito de RPG

Monte Cook, com certeza. O cara é um visionário e quase sempre que ele põe as mãos em algum cenário é certeza de que teremos alguma coisa diferente do comum. Apesar dos dissabores que passei recentemente com o Numenera ainda admiro muito o trabalho do cara.

Mount Cook, for sure. The guy is a visionary and often he puts his hands on some scenery is sure we will have something different from the ordinary. Despite the setbacks recently spent with Numenera still I admire the guy’s work.

Dia 12 – RPG Mais Aguardado Ainda a Ser Lançado

Titans Grave – ashes of Valkana. Pretendo dar uma olhada no PDF assim que sair.

Titans Grave – ashes of Valkana. I intend to take a look at the PDF right out.

Dia 13 – Ilustração Favorita de RPG.

A capa do The Sword Coast Adventurer’s Guide  me fez desejar ter mais dinheiro e tempo para jogar um bom RPG de mesa com os amigos. Adoro capas e ilustrações que retratam grupos de aventureiros.

The cover of The Sword Coast Adventurer’s Guide made me want more money and time to play a good table RPG with friends. I love covers and illustrations that depict adventurous groups.

Dia 14 – Jogo Que Mais Lhe Deu Prazer Apoiá-lo no Kickstarter.

Nenhum. Depois dos problemas que tive com o Numenera BR eu mantenho distância de qualquer iniciativa de financiamento coletivo. Se eu não puder comprar o livro depois, eu não vou me importar.

None. After the problems I had with Numenera BR I keep away from any crowdfunding initiative. If I can not buy the book then I will not care.

Anúncios

RPG-a-DAY 2015.

RPG–a–Day é uma proposta do blog Autocratik  para postagens sobre RPG durante o mês de agosto, sobre assuntos específicos. Eu participei do ano passado e esse ano eu me demorei a decidir se participaria esse ano. Para evitar poluição visual, vou postar 7 itens de cada vez.

RPG-a-Day is a proposal for the Autocratik blog posts about RPG during the month of August, on specific issues. I participated last year and this year it took me decide to participate this year. To avoid visual clutter, I’ll post seven items at a time.

Dia 1 – Qual o futuro lançamento que você está mais ansioso?

Titansgrave: Ashes of Valkana, do Will Weathon. Parece ser um cenário interessante. Eu achei muito bacana o show on line que ele faz para divulgar o cenário.

Titansgrave: Ashes of Valkana, by Wil Wheaton. It seems to be an interesting scenario. I found it very nice the show online than it does to disclose the setting.

Dia 2 – Qual o jogo do Kickstarter que você participou e te deixou mais satisfeito?

Nenhum. Participei de apenas um, o Numenera da editora New Order, que já está atrasado e não tem previsão de quando vai chegar. Por causa disso eu desisti de participar de qualquer atividade de Kickstarter. Se eu não puder comprar o livro depois, numa loja, eu não faço questão de ter o livro.

None. I attended only one, the Numenera, by the publisher New Order, which is already late and has forecast when they will arrive. Because of this I gave up participating in any activity Kickstarter. If I can not buy the book later, a store, I do not issue of having the book.

Dia 3 – O novo jogo favorito dos últimos 12 meses (ou algo assim)

D&D quinta edição. O jogo ficou muito apurado, simples, e extremamente divertido. A melhor edição nos últimos anos.

D&D fifth edition. The game became very acute, simple, and extremely fun. The best edition in recent years.

Dia 4 – Jogo mais surpreendente

Raklot, do autor brasileiro Eugênio “Gene” Cavalcante. É um cenário medieval diferenciado. Está em fase de testes.

Raklot, the Brazilian author Eugene “Gene” Cavalcante. It is a distinctive medieval setting. It is in the testing phase.

Dia 5 – Compra mais recente RPG

Guia dos monstros de D&D, quinta edição. Ainda estou curtindo o livro. Um dos melhores bestiários que eu já vi.

Monster Manual of D&D, Fifth Edition. I’m still enjoying the book. A bestiary one of the best I’ve ever seen.

Dia 6 – RPG jogado mais recentemente

D&D quinta edição. Uma aventura que narrei no evento d30, com uma pegada mais steampunk.

D&D fifth edition. An adventure that narrated the event d30, with a more steampunk feeling.

Dia 7 – RPG favorito (grátis)

Uma adaptação para jogar Final Fantasy Tactics: War of the lions para D&D quinta edição. Achei muito bacana o jeito que transportaram o Black Sheep Knight para o Eldritch Knight.

An adaptation to play Final Fantasy Tactics: War of the Lions for D&D fifth edition. I found it very nice the way it carried the Black Sheep Knight for the Eldritch Knight.

Se você gostou disso e quer escrever também, não esqueça de acrescentar #RPGaDAY2015 quando for compartilhar nas redes sociais

Financiamento coletivo? Não obrigado.

Eu entendo perfeitamente que o crowdfunding (financiamento coletivo) é uma forma bacana de dar à luz a projetos que de outra forma não poderiam ser viabilizados. Muitos livros de rpg e até mesmo pequenas invenções estão sendo financiadas dessa forma. Mas a partir de hoje eu vou manter distância de qualquer forma de financiamento coletivo.

Quando optei por apoiar o Numenera RPG pela editora new order fui informado que o livro estaria pronto no final de julho de 2015. Recebi a confirmação desta data num e-mail da editora de 17 de abril do mesmo ano.  No dia 17 de junho recebi outro e-mail da editora confirmando que o livro já estava sendo diagramado, ou seja, que o livro já estava pronto e mais uma vez confirmaram a data de entrega para o final de julho de 2015.

 Fato é que dado término do mês de julho nada foi entregue. A editora lançou o financiamento de mais dois livros, o 13º era e o Lenda dos cinco anéis e nada do Numenera chegar.

Eis que recebo, no dia 02 de agosto, o e-mail que reproduzo a seguir: “O trabalho ficará pronto no mês de agosto ainda sem dia definido, mas ja podem contar que agosto sera lembrado como o mês que Numenera será publicado no Brasil , iremos apresentar o PDF do livro ja diagramado antes da impressão do livro, com o intuito de que nos ajudem a encontrar possiveis erros na diagramação ou digitação, ou seja qualquer tipo de erro”.

O livro não estava pronto no prazo. De acordo com o que ouvi no facebook a tradução sequer está pronta. Se não é isso, foi a impressão que eu tive ao conversar com uma pessoa que se intitula Eva Morrissey. Entendo perfeitamente que as outras pessoas que pagaram podem achar lindo e maravilhoso que o livro esteja atrasado por N motivos. Mas eu não sou um deles. Eu já fiquei com o pé atrás de financiar um projeto que eu só veria meses 8 depois (efetuei o pagamento em novembro de 2014, num total de R$ 140,00) e agora tenho mais motivos ainda para me preocupar.

Eu, enquanto consumidor, não quero saber de problemas. Quero saber do que foi acordado. Com todo respeito, os problemas de tradução não me interessam. Se eu vou a um restaurante e preço um prato que está no cardápio, quero o prato e não uma desculpa sobre não ter o prato em tempo hábil. O livro foi prometido para uma data. A promessa não foi cumprida. Mas o pagamento foi realizado, no prazo, devo acrescentar. Então, em vez de dar desculpas e tentar ridicularizar quem pagou pelo livro, era melhor a editora trabalhar nele.

A própria Eva Morrissey, que acredito trabalhar para a editora como tradutora faz crer que os consumidores que querem o livro no prazo combinado estão “enchendo”.

É por isso que esta será a primeira e última vez que eu participo de um financiamento coletivo. Se não puder comprar o livro nas lojas depois, que se dane! Continuo jogando em inglês mesmo. O que eu não vou fazer pra deixar o meu dinheiro parado durante vários meses apenas para receber um e-mail dizendo que financiamento atrasou.

***********************************************************************************************************************************************************

UPDATE: Resolvi não esperar mais pelo livro. Chame do que quiser. Eu solicitei meu dinheiro de volta. É aborrecimento demais por um livro só.

************************************************************************************************************************************************************